Notícias

25/Jan/2021

Empresas buscam governo por aval para comprar 33 milhões de doses da vacina de Oxford

Empresários dizem que abriram negociação com o Ministério da Saúde e doariam metade do total ao SUS

Empresas privadas brasileiras negociam com o governo uma autorização para importar 33 milhões de doses da vacina de Oxford/Aztrazeneca. Segundo empresários, as tratativas ocorrem com o Ministério da Saúde. e acordo com articuladores, 12 firmas estão no grupo para adquirir a imunização - Petrobrás, Gerdau, Vale, JBS, OI, Vivo, Ambev, Santander, Itaú, Claro, Whirlpool e ADN Liga. A informação foi publicada pela coluna Painel.

O plano é que a pasta edite um ato descrevendo as condições para a liberação. Pelo acordo em andamento, metade do total dos imunizantes seria doado ao SUS (Sistema Único de Saúde). O restante iria para funcionários e familiares das companhias que fazem parte da negociação.

Os 33 milhões de doses - a unidade é estimada US$ 23,79 - são a quantidade disponibilizada pela Aztrazeneca e poderiam chegar ao Brasil em fevereiro.


Fonte: Notícia publicada no site Folha de SP em 25 de janeiro de 2021.